"Por uma comissão da verdade de verdade": Levante Popular da Juventude critica composição da recém instaurada Comissão Estadual da Verdade


Na ultima quarta-feira (15) com a presença da Ministra da Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República, Maria do Rosário Nunes, a Assembleia Legislativa do Espírito Santo instaurou a Comissão Estadual da Verdade. Compõem a nova comissão os deputados estaduais Doutor Hércules (PMDB), presidente, deputado Claudio Vereza (PT), relator, e o deputado José Esmeraldo (PR), também como membro titular.

A presença do delegado da Polícia Civil Gilsinho Lopes na suplência da comissão causou incomodo no Fórum Direito à Memória e à Justiça, já que o deputado/delegado foi um dos atores da chamada “Era Gratz”. O Levante Popular da Juventude marcou presença na solenidade com cartazes e palavras de ordem exigindo que o Fórum Direito à Memória e à Verdade tivesse fala, que havia sido negada pela organização do evento.


O Levante Popular da Juventude Capixaba deixa claro que a manifestação não representa uma crítica a Comissão Estadual da Verdade, e sim a sua composição, que não contempla representantes da sociedade civil, tampouco membros do Fórum Direito à memória e à Verdade, envolvidos diretamente com as pautas e a luta pela verdade e justiça no ES e no país.



Levante pela justiça, levante pela verdade!

Levante povo na rua para acabar com a impunidade!

Comentários

Postagens mais visitadas