Estudante vence concurso de redação com o tema memória e verdade

O estudante Fábio Lahass, do Colégio Estadual do Espírito Santo, foi premiado no concurso de redação com o tema Memória e Verdade. Confira abaixo o texto cedido pelo estudante e veja o que a juventude tem a dizer sobre Memória, Verdade e Justiça.

Parabéns ao Fábio e a toda a equipe de professores que bravamente nano permitem que a história do país seja apagada!


"O passado é importante. Alguém que desconhece sua história é um ser incompleto, é o mesmo que ver o presente sem avaliá-lo, vivê-lo sem consciência ou perspectivas de mudanças. É o que acontece ainda hoje. O presente ainda possui traços de ditadura. A democracia demorou a ser instalada no Brasil, tanto que está no “papel”, mas pela sociedade não é cumprida. Ainda vive-se sob uma falta de liberdade de expressão. Um exemplo claro disso é a mídia, por meio da TV e a própria internet, que não ditam regras, mas censuram opiniões próprias da sociedade por meio de induções.

Logo não é possível seguir o modelo de ditadura e deixar que as vozes se calem. É preciso que a verdade ecoe. Descobrir a verdade do passado, presente na memória, é estudar a história e a partir do presente, julgá-lo. É hora da justiça, limpeza de um passado escuro, confuso e misterioso. É direito de cada cidadão saber sua verdadeira história, afinal, as características de determinada sociedade se devem a ela. Somente com uma verdadeira história que vira memória de um povo, pode-se viver o presente. Presente de liberdade, expressão e democracia. Presente que é história e semente para o futuro.

Um dos momentos mais marcantes da história do Brasil foi a Ditadura Militar (1964-1985). Foi uma época em que a democracia não existiu, a opinião da sociedade era proibida e, caso alguém se manifestasse, as conseqüências eram agressões físicas e psicológicas. Por um longo período, a população foi enganada e alienada. Nas escolas se ensinava a Música “Marcha Soldado” para que as crianças já crescessem aprendendo a obedecer caladas. Um período de injustiça, censuras e torturas. Quantos morreram injustamente e quantos ainda hoje não sabem onde encontrar seus mortos. É ainda mais preocupante quando na história fica apenas a versão do ditador, pois se defende contrariando a todas as denúncias que hoje vêm da ditadura militar."


Cerimônia de Premiação

Cerimônia de Premiação

Comentários

Postagens mais visitadas